Vazamentos e seus Riscos

Muito debate-se acerca dos desabamentos recentes nas grandes metrópoles brasileiras.

Originários ora de problemas na estrutura da edificação, ora por sustentação envelhecida, tal tragédia também é oriunda de vazamentos.

O rompimento de tubulações quase sempre é sigiloso e não manifesta indícios de irregularidades que poderiam oportunizar intervenções.

Sempre que há um desmoronamento, sem indicativos de edificação arcaica ou mal estruturada, a probabilidade do ocasionador ser um vazamento vultoso de água na obra é significativa.

Tal panorama foi retratado em 2013, culminando com o falecimento de Marco Antônio dos Santos, que foi soterrado pelos escombros.

“Não há rede da Sabesp embaixo do imóvel. Todas as redes na região estão na via pública. Eventuais vazamentos internos, se existiram, são de responsabilidade exclusiva do proprietário”, afirma a nota da Sabesp.

Entretanto, cabe a nós verificarmos, estando ao nosso alcance, evidências de vazamento dentro de seu comércio ou residência.

Através de infiltrações na parede, água em determinados pontos do teto ou até elevação descabida do valor presente na conta de água, o indivíduo terá a prerrogativa de identificar um vazamento, cabendo a ele a tomada de decisão mais adequada.

E nós, do GRUPO CASA NOVA, aconselhamos a você contatar-nos! Caça Vazamento tem a Solução.

Nossa empresa contém valores que priorizam a relação com o cliente, proporcionando-o autonomia, bem-estar e, sobretudo, autoestima, diante da resolução de um problema que lesa esteticamente e estruturalmente o local reparado.

Sendo assim, quando necessário, não titubeie.

Entre em contato com a nossa empresa e aguarde pelo atendimento personalizado que efetuamos.

Especializados em decifrar cenários embaraçosos e identificar diagnósticos precisos, nossos colaboradores trabalham embasados em uma série de treinamentos específicos para intervir em entupimentos e vazamentos, por exemplo.

Todavia, nossos treinamentos não se concentram apenas nesta vertente.

Demos ênfase na abordagem ao cliente, na abundância de informações concedidas referente ao cenário do vazamento, procurando uma conexão emocional e, principalmente, falando a linguagem do cliente, se adaptando ao perfil do indivíduo e ratificando um domínio sobre o assunto, afinal, o cliente jamais pode saber mais daquele serviço do que você.

Poucas pessoas sabem, mas existe um procedimento indicativo de vazamento oculto.

Primeiramente, feche integralmente o registro de entrada da sua casa ou comércio.

Na sequência, abra uma torneira com água circulada diretamente da empresa fornecedora. Posteriormente, espere até a corrente de água cessar.

Depois disso, posicione um copo com água na boca da torneira. E, por fim, averigue se ocorre sucção da água presente no copo.

Se isso for constatado, o local possui um vazamento. Neste caso, somente uma equipe técnica sanará seu problema.

E nós, da CASA NOVA, sabemos todos os processos pertinentes para corrigir este problema, afinal, somos a empresa referencial no ramo em São Paulo.

A falta de água na capital paulistana tornou-se algo habitual nos últimos anos.

Situação essa que, prejudica mais de 12 milhões de pessoas diariamente, e carece da aplicação de medidas providenciais, que inibam o desperdício de água e estimulem a conscientização da população.

Todavia, nem sempre todo cenário que retrata a falta de água responsabiliza diretamente o cidadão.

Os vazamentos ocultos são agentes causadores da escassez de água, uma vez que, essa água sendo contabilizada nas contas de água, é reconhecida como consumida, fato que contribui veementemente para o racionamento.

“É uma redução de pressão onde não causa desabastecimento ao cliente se ele tiver uma reserva adequada, de acordo com a quantidade de usuários que ele tem no imóvel. Nós estamos combatendo os vazamentos. Nós temos um programa de substituição de rede, onde nós estamos substituindo as redes mais antigas por materiais que são mais resistentes, para evitar justamente esse vazamento”, afirmou Maycon Rogério de Abreu, gerente de planejamento da Região Metropolitana de São Paulo da Sabesp.

Destarte, por mais que a iniciativa pública trabalhe para inibir a escassez de água e minimizar a incidência de vazamentos, essa condição é provocada por questões que não estão ao seu alcance e, compete ao consumidor, quando constatar algum indicativo deste transtorno, procurar o serviço especializado para não só realizar a detecção de pontos com vazamento.

Mas, principalmente, aplicar as técnicas apropriadas em prol do combate ao vazamento, que oferece riscos variados à saúde e integridade física do cidadão.

Rate this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *